treinamento para funcionários de restaurante

5 métodos de treinamento para funcionários de restaurante

Você sabia que treinamento para funcionários de restaurante é um verdadeiro investimento para o seu negócio? Não é apenas um investimento para eles, mas funcionários bem treinados ajudam a construir uma melhor reputação para o seu estabelecimento. Isso significa: clientes mais felizes.

Isso não é tudo. Eles são capazes de reviver a energia do seu negócio, o que significa sucesso para a marca e uma vantagem em relação aos concorrentes.

Se você já trabalhou em um restaurante antes, então está bastante familiarizado com esta abordagem de aprender enquanto se trabalha. Esse tipo de abordagem de treinamento em restaurante não é eficiente para esse tipo de negócio. Não apenas afetará os resultados financeiros, mas também prejudicará a reputação da sua empresa. Não é isso que você deseja, especialmente porque seu estabelecimento está apenas começando.

Como proprietário ou gerente de um restaurante, é importante ter um manual de treinamento do servidor. Isso deve ser integrado no plano de treinamento dos funcionários. Com isso, você pode finalmente evitar críticas negativas dos clientes. Além disso, seus funcionários poderão fornecer serviços de alta qualidade.

5 etapas de treinamento para funcionários de restaurante

O treinamento dos atendentes do restaurante é muito importante, pois ajuda a equipar os funcionários com uma excelente experiência do cliente. Além disso, motiva-os e transmite as melhores práticas para toda a equipe.

Aqui estão 5 etapas básicas que irão guiá-lo no treinamento de sua equipe de restaurante.

  • Comece com orientação
  • Criação e atualização do seu plano de treinamento
  • Orientação e observação
  • Treinamento externo
  • Implementar aprimoramento de habilidades

1. Comece com orientação

Vamos enfrentá-lo. Ao contratar funcionários, os gerentes de restaurantes sempre solicitarão que os funcionários tenham alguns anos de experiência. A razão pela qual os empregadores fazem isso é para garantir que eles não gastem tanto em treinamento.

Por quê isso é importante para o treinamento para funcionários de restaurante?

O funcionário já trabalhou em um restaurante e, portanto, deve estar pronto para preencher a vaga e começar a atender os clientes, certo? Não.

O que a maioria dos gerentes e proprietários de restaurantes esquece é que cada restaurante é único. Não só em termos de objetivos e metas, mas também em termos de composição e serviço.

Sim, os clientes chegarão ao estabelecimento e pedirão comidas e bebidas, mas no final do dia seu estabelecimento é único. Para ficar à frente, é fundamental que o gerente ofereça a seus funcionários o melhor treinamento em restaurantes possível, sejam eles experientes ou não.

A primeira etapa do treinamento dos funcionários é a orientação. A Orientação ajuda os funcionários a se familiarizarem com as melhores práticas, objetivos, história, filosofia e as instalações do restaurante.

2. Crie e atualize seu plano de treinamento

Como novo proprietário de restaurante, seu objetivo é garantir que o novo estabelecimento prospere para ser uma marca de renome. A única maneira de garantir que isso seja possível é revisitar e criar um o treinamento para funcionários de restaurante.

Como você já concluiu a orientação, seu plano de treinamento abrangerá os diferentes departamentos de seu restaurante. Eles incluem o bar, jantar, cozinha, hospedagem e serviço, entre outros.

Como gerente, você precisa de ajuda para treinar a nova equipe. Usando seus funcionários experientes, você pode atribuir-lhes funções de supervisão para que possam ajudar a treinar a nova equipe em diferentes departamentos.

Algumas das áreas nas quais sua equipe experiente se concentrará incluem hospedar, saudar clientes, atendê-los, atendê-los, preparar comida, servir, lavar louça e caixa, entre outras.

Existem milhares de modelos de treinamento de funcionários de restaurantes disponíveis online. Você também pode criar o seu próprio trabalhando com funcionários experientes. Lembre-se de atualizar o manual com o passar do tempo.

3. Orientação e observação

É importante saber que o treinamento de sua equipe não se esgota no fornecimento de instruções e orientações. Os gerentes dos restaurantes são aconselhados a garantir que os funcionários experientes, especialmente os chefes de departamento, continuem a orientar e observar as ações dos novos e atuais funcionários.

Você pode estar se perguntando por que isso é importante. Bem, a orientação e a observação ajudam a garantir que os novos funcionários estejam praticando o que aprenderam. Ou seja, prestar serviços aos clientes de acordo com as melhores práticas descritas no manual de treinamento.

Os restaurantes pequenos podem não ter o número de funcionários que garantirá que cada novo funcionário seja emparelhado com um funcionário experiente.

A melhor maneira de garantir treinamento contínuo para os funcionários é colocar os novos funcionários sob um único supervisor. Isso não apenas eliminará o desperdício de tempo, mas também garantirá uma melhor gestão e orientação.

4. Treinamento externo como treinamento para funcionários de restaurante

Embora os manuais de treinamento e acompanhamento de novos funcionários sejam parte integrante das diretrizes do servidor e dos melhores planos de treinamento do restaurante, não é suficiente. O mundo está mudando e, como resultado, é importante acompanhar as tendências novas e emergentes.

Este método pode parecer caro, mas a longo prazo, é um bom investimento. Para começar, é a melhor opção se você tiver pouco tempo. Em segundo lugar, seus funcionários são equipados com novas habilidades e conhecimentos.

5. Implementar o aprimoramento das habilidades

Como foi dito anteriormente, o treinamento externo pode parecer caro, mas quando combinado com o aprimoramento das habilidades, ele garantirá uma gestão eficiente e melhor prestação de serviços aos clientes. Não apenas isso. Isso incentivará seus funcionários a continuar trabalhando para você por vários anos.

Você pode estar se perguntando onde o aprimoramento de habilidades será implementado em seu restaurante. Imagine isso: seu barman está doente. Sem aumentar as habilidades, isso significaria contratar um bartender de meio período que não esteja familiarizado com as metas, objetivos e práticas recomendadas do seu restaurante.

Por meio do aprimoramento das habilidades, você pode treinar outros funcionários de forma que, caso o barman esteja doente, um dos garçons consiga cuidar do trabalho dele.

É importante compreender que o aprimoramento das habilidades faz com que seus funcionários sintam que estão progredindo. Como resultado, eles ficarão motivados, finalmente se tornando o funcionário mais valioso. Lembre-se de acompanhar a qualificação com um incentivo, por exemplo, um bônus ou aumento de salário.